transformação digital

10 tendências de Transformação Digital que a sua empresa precisa se atentar

As soluções advindas da transformação digital deixaram de ser diferencial competitivo e se tornaram ferramentas vitais para a sobrevivência das empresas em meio a um mercado bem estruturado digitalmente e extremamente competitivo.

Além desta realidade, o ano de 2020 e todos os desafios impostos para a humanidade dar continuidade nas atividades e não se congelar economicamente em tempos de pandemia, fez as empresas mergulharem na realidade digital. Entretanto, os tempos de necessidade levaram à uma estruturação de novas soluções sem estratégia e nem planejamento adequados.

Para você entrar em 2021 bem preparado(a), com planejamento e estratégia de acordo com a “nova realidade”, neste conteúdo iremos destacar as  principais tendências da transformação digital e quais resultados podem ser obtidos com cada uma delas. 

Boa leitura!

 

1- O trabalho em casa vai além da pandemia

Vamos começar pela característica mais forte do novo normal, o home office. Esta modalidade de trabalho já existia, porém não era tão bem vinda e nem aceita por lideranças em corporações de todos os segmentos de mercado.

A pandemia trancou, literalmente, todo mundo em casa em menos de 2 semanas. O distanciamento físico como a única forma efetiva para controlar a transmissão desenfreada do Covid-19, obrigou os gestores a engolirem o home office, não restando muitas outras alternativas senão o uso  de tecnologias inteligentes para o trabalho remoto (Zoom, Skype, Microsoft teams, Slack, Google Drive, entre outros).

Apesar da insegurança, o resultado foi surpreendente: melhores resultados, trabalhadores mais engajados, motivados, equipes mais bem conectadas, autônomas e dinâmicas, além dos custos operacionais reduzidos significativamente.

2- Cloud Computing (computação na nuvem) 

Usar a computação em nuvem para reduzir custos já é uma prática utilizada em grandes empresas. Entretanto, a redução de despesas utilizando estes serviços é apenas uma pequena parcela dos benefícios que a nuvem pode trazer à uma corporação.

Entre os principais, podemos elencar a flexibilização da estrutura, otimização dos processos, a elasticidade que capacita a escalabilidade de recursos tanto horizontal quanto verticalmente. Ou seja, a praticidade para remover ou introduzir recursos de maneira autônoma de acordo com as demandas de trabalho, em tempo real e sem interferir o fluxo das rotinas.

Além desta característica, a computação em nuvem pode oferecer as seguintes vantagens às corporações:

  • Otimização dos processos em TI;
  • Provisionamento automático de recursos;
  • Monitoramento, análise e controle das atividades dos hardwares e softwares;
  • Conectividade remota;
  • Opções de alta disponibilidade para contemplar o armazenamento de dados em diferentes localidades;
  • Segurança da informação bem estruturada contra perda de dados, invasões no sistema e outras ameaças virtuais;
  • Backup de dados;
  • Controle de acesso dos usuários e senhas;
  • Transferência de dados protegida com padrões avançados de criptografia.

3- A análise de dados continuará como um dos principais diferenciais competitivos

O ano de 2020 demandou investimento pesado em análise de dados. A utilização do Big Data para crescimento constante por meio de análises preditivas e decisões baseadas em dados será indispensável para a sobrevivência das empresas no mundo pós Covid-19.

Agora, os dados, análises e ferramentas orientadas a dados serão providenciais para trazer de volta as empresas. Isso promove a adequação para todas as novas tendências de consumo e trabalho, tomadas de decisões ágeis (quando não em tempo real), enxutas, inteligentes e críticas para qualquer negócio em 2021.

 

4- AI (inteligência artificial) e Machine Learning (aprendizado de máquina)

Na transformação digital, dados são tesouros imensuráveis. No entanto, sem as ferramentas adequadas para analisá-los, se transformam em uma montanha de informações sem valor.

A AI em conjunto com Machine Learning cresceram exponencialmente durante 2020 e no próximo ano serão providenciais para insight sobre os negócios. Quando bem utilizados, funcionam como meio de captação, gerenciamento, enriquecimento e visualização rápida sobre o horizonte do negócio para o futuro, com velocidade, escalas e conveniência.

 

5-  User/Customer Experience – UX/CX

A centralização do usuário/cliente como foco nas decisões já é uma estratégia de sucesso para conseguir diferencial competitivo. O ano de 2020 foi transformador e para o próximo, trabalhar em cima de UX/CX será indispensável para obter uma visão completa do comportamento e relação do consumidor com a empresa, levando em consideração todos os touchpoints.

O foco na experiência do cliente, impulsiona os investimentos dos negócios nesta era de transformação digital, uma vez que é responsável pela redução ou até exclusão de gastos desnecessários e pela concentração na retenção de clientes.

 

6- Automação robótica e inteligente de processos sempre foi e continuará sendo tendência de peso na transformação digital

A automação robótica de processos (RPA) e a inteligente (IPA) está sendo e continuará indispensável para manter o funcionamento das empresas com funcionários operando remotamente. 

Entretanto, não se trata somente de manter o movimento das rotinas durante o trabalho remoto, com RPA e IPA é possível elevar o nível dos processos, simplificar, agilizar e torná-los mais eficazes. Além disso, é uma forma de afunilar os erros, aprimorar os acertos e operar de maneira enxuta e organizada.

 

7- Integração das Tecnologias 5G e Wifi 6

A conectividade é um dos fatores primordiais para a efetividade das soluções da transformação digital. Entretanto, o que temos à disposição hoje, apesar de servir bem, ainda não é o suficiente. O mundo precisa de redes melhores e as empresas de tecnologia lutam para desenvolver novas tecnologias e entregar conectividade mais rápida.

O Wifi 6 operando em conjunto com as redes 5G se transforma na solução perfeita para conectividade de alto desempenho (até 5 vezes mais rápidos que as tecnologias anteriores) para aliviar todos os gargalos existentes, maximizar a experiência de trabalho em dispositivos móveis, acabar com a lentidão dos dados móveis e tornar possível a utilização de computadores permanentemente conectados sem problemas de conectividade/velocidade.

 

8- IoT (Internet das coisas)

A internet das coisas já faz parte do cotidiano das empresas e do consumidor. Esta tecnologia é uma forma de comunicação entre as máquinas e/ou “coisas” conectadas à internet que possibilita a construção de um Smart Environment (ambiente inteligente).

Assim, a IoT tem o poder de tornar tudo ao nosso redor mais responsivo, personalizado, pois promove a capacidade das “coisas” interligadas entregarem respostas capazes de solucionar questões pontuais de quaisquer demandas. O resultado é o aumento da produtividade, decisões rápidas com fit para o perfil do consumidor alvo, além de benefícios para a produtividade, mais praticidade e acesso rápido às informações, o recurso de maior valor na transformação digital.

 

9- Segurança dos dados continuará como tema de alta prioridade na transformação digital

Quanto maior o número de usuários conectados, maior o impulsionamento do rastreamento. O funcionamento de todos os negócios atualmente é baseado em dados. Cada dado tem um valor específico. Assim, dependendo do vazamento, corrompimento ou perda de dados, todo o negócio pode estar vulnerável ou até sofrer danos irreparáveis tanto para seu equilíbrio econômico quanto à imagem da marca.

A pandemia forçou a migração de muitos usuários e empresas para o ambiente virtual. Esta inclusão forçada vulnerabilizou o controle de dados pessoais e empresariais. Agora, tanto o consumidor quanto as empresas, demandam por maior proteção, uma vez que os dados são explorados e vendidos. Assim, a privacidade, segurança e transparência no tratamento dos dados continuará como prioridade.

 

10- Flexibilidade, personalização e facilidade de compras

A décima grande tendência da transformação digital, aborda a maior parte das outras citadas. O foco na experiência do usuário, pede a utilização das tecnologias mencionadas neste conteúdo para atender às demandas do novo consumidor, transformado pelo novo “normal”.

Para isso, será fundamental que as empresas invistam na computação em nuvem, análise dados, AI, UX/CX, RPA/IPA, IoT e segurança de dados robusta para garantir o diferencial competitivo, uma vez que o ambiente virtual é ilimitado e quaisquer diferenciais tecnológicos podem se transformar em um tremendo diferencial entre as empresas.

Com isso, é possível “desenhar” o plano adequado para entregar flexibilidade, personalização e facilidade nas compras, já que o novo consumidor é empoderado com a informação, sabe o que procura e quais as melhores soluções para atender suas necessidades e expectativas.

Assim, se tornará indispensável para as empresas a criação de  planos para atender cada um de seus clientes de maneira individual e personalizada.

Pronto! Agora você está por dentro das 10 maiores tendências da transformação digital e sabe o que é preciso para se destacar no futuro. Para aproveitá-las é fundamental entender seu nível de maturidade digital, para isso desenvolvemos o Profound Score, um teste rápido e esclarecedor. Clique aqui e descubra seu nível.

Equipe DIWE
Equipe DIWE
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *