O futuro do Mobile Marketing

Qual o futuro do Mobile Marketing?

O marketing mudou drasticamente em poucos anos. O protagonismo do celular é crescente e, por isso, pensar estratégias voltadas para mobile marketing é fundamental para qualquer empresa manter-se competitiva no mundo cada dia mais digital e inteligente.

As pesquisas comprovam a crescente desta tendência nos próximos anos. A mais recente versão do TIC Domicílios,  estudo que mede os hábitos e comportamento de usuários da internet brasileira, revela que o Brasil tem 126,9 milhões de pessoas conectadas à internet, sendo que 56% delas se conectam apenas pelo celular.

Ou seja, pensar na forma como o usuário consome as informações e interage com as marcas é fundamental para entregar uma experiência agradável e relevante. Essa estratégia é uma das mais poderosas, pois permite a conexão entre empresas e clientes por meio de dispositivos pessoais e, portanto, com alcance maior.

À medida que estamos cada dia mais próximos da virada da década, torna-se fundamental saber o que esperar para os próximos anos quando o assunto são tendências mobile marketing.

Leia também: Planejamento Estratégico 2020: 3 dicas para ir além do básico!

É hora de conhecer o que o futuro reserva para o segmento. Continue a leitura e saiba mais!

5 tendências mobile marketing para os próximos anos

#1 – Pesquisa por voz

No começo, essa tecnologia ainda demonstrava sinais de que precisava melhorar. Agora, falhas no reconhecimento de voz e incapacidade de compreender solicitações ou comandos ficaram para trás. Os aplicativos de voz como Siri, Google Now, Cortana ou Alexa ganharão cada vez mais popularidade graças à sua praticidade. Especialistas acreditam que, até 2020, 50% das pesquisas serão feitas por voz.

#2 – Marketing Omnichannel

O celular é parte importante nas interações dos consumidores, mas não é o único canal. Afinal, o consumidor 3.0 é digital e navega em vários dispositivos, mas nem todas as interações começam ou terminam no smartphone.

Isso significa que a jornada de compra pode começar pela pesquisa de voz em um assistente inteligente no computador, e terminar em um dispositivo móvel. A navegação é fragmentada e as interações cada vez mais rápidas.

Neste cenário inteligente e interligado, suas ações de marketing precisam refletir a mesma ideia. Ser Omnichannel é integrar online e offline, com comunicação padronizada e alinhada para oferecer ao consumidor uma experiência perfeita.

Leia mais: Experiência do cliente: quais são os desafios do Omnichannel?

#3 – Pesquisa Visual

Pesquisa Visual

Parece cena de filme de ficção científica, mas já faz parte da nossa realidade. Hoje em dia você pode simplesmente apontar a câmera do seu dispositivo para qualquer objeto e fazer uma pesquisa na web sobre ele!

O Google Lens, por exemplo, é uma tecnologia de reconhecimento de imagem desenvolvida pelo Google para mostrar informações relevantes relacionadas aos objetos identificados pela análise visual.

#4 – Aplicativos móveis nos resultados de pesquisa do Google

O uso de apps tem se mostrado crescente, alcançando números inéditos de consumo. Eles representam grande parte do uso de celulares atualmente e ganham mais e mais espaço nos resultados de pesquisas do Google. Há alguns anos, o maior motor de busca da web vem mesclando os resultados de pesquisa na primeira página para incluir os aplicativos.

Além disso, hoje em dia o Google também mostra de forma completa a seção de Google Apps relacionados, com classificação e preço médio. Os apps também podem ser anunciados oficialmente e exibidos como patrocinados.

Ou seja, para os próximos anos, a tendência é que se você ainda não tem um aplicativo, considere que pode valer a pena fazer um para aproveitar sua popularidade e as novas regras do Google.

#5 – Realidade Virtual e Realidade Aumentada

A realidade virtual e aumentada devem aparecer com mais força em 2020 nas campanhas mobile marketing. Um exemplo claro do sucesso desta estratégia entre os usuários são os filtros do Instagram Stories, que foram lançados no Snapchat e ganharam o mundo, dominando algumas recentes campanhas de marketing.

Leia também: Aprenda com as startups: 3 cases de sucesso de marketing digital para te inspirar

Claro que VR e AR não precisam estar ligadas diretamente e inevitavelmente com as mídias sociais, mas devem ser lançadas com objetivo de engajar e levar inovação para as ações de marketing, explorando a criatividade com essas tecnologias.

A realidade virtual pode ser mais facilmente acessada, mas a principal aposta para 2020 é em realidade aumentada, já que a tendência dos consumidores é buscarem por experiências cada vez mais reais.

O potencial do mobile marketing é ilimitado. Se o seu objetivo é manter a sua empresa competitiva e à frente da concorrência, é importante ficar atento às estratégias de marketing com abordagem móvel. Esteja ciente das tendências atuais e futuras para atualizar e otimizar seus esforços de marketing. Cadastre-se em nossa newsletter para não perder nenhuma atualização do blog.

Equipe DIWE
Equipe DIWE
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *