Diversidade no ambiente de trabalho

Diversidade no ambiente de trabalho: uma questão que vai além de resultados

Um assunto muito em pauta atualmente é a diversidade no ambiente de trabalho. Essa estratégia visa aproveitar o melhor das pessoas, experiências, competências, culturas e diferenças para alcançar resultados excepcionais, sustentáveis e que contribuam para sociedade em variados aspectos.

Entretanto, apesar de ser muito óbvio o rico aprendizado adquirido por meio da troca de experiências entre diferentes indivíduos, existe ainda um comportamento intrínseco relacionado à dúvida sobre o impacto no clima organizacional que a pluralidade social: de comportamentos, opiniões, visões e valores podem causar.

Em contrapartida, é fato que a gestão humanizada, em conjunto com a diversidade no ambiente de trabalho, traz melhoria para reputação e imagem da empresa. Além disso, impulsiona a criatividade das equipes, reduz a rotatividade, aumenta a absorção e retenção de talentos e diminui os conflitos internos.

Além de entregar melhores resultados, investir neste tipo de estratégia é uma maneira de aceitar, reconhecer, valorizar e respeitar a riqueza da nossa pluralidade social, afinal, num mundo tão saturado de indiferenças, é fundamental apoiar e compreender os diferentes indivíduos. Isso é melhor para as pessoas, negócios e sociedade.

Por que a diversidade no ambiente de trabalho é vital para o futuro das empresas? 

diversidade no ambiente de trabalho

Uma empresa não existe sem pessoas, elas são o ativo mais importante de qualquer organização. Seguindo este raciocínio, quanto melhor sua equipe, melhores serão seus resultados. Mas, é possível atualmente, com um mundo tão diversificado, conectado, com culturas e etnias super miscigenadas, encontrar um grupo seleto de pessoas que atendam todas as necessidades do negócio e que tenham um perfil em comum?

A resposta é não! Não é possível hoje, aliás, nunca foi. Desde a segunda Revolução Industrial as corporações estão deixando de ter melhores resultados por padronizações de perfil, sexo, etnia, direcionamento sexual. Ou seja, por utilizar culturas organizacionais super conservadoras, engessadas, controversas em diversos aspectos e que num futuro bem próximo se tornarão completamente obsoletas.

Outro ponto importante é a vitrine falsa colocada pelas corporações relacionadas a um mindset inovador, à importância da sustentabilidade e ao respeitos às diferenças. O ser humano é conectado, vivemos em plena transformação digital e isso faz com que as empresas se tornem uma cúpula de vidro. É preciso ser antes de falar

Não dá mais para distorcer a realidade com o marketing supervalorizando essas questões e continuar fazendo o mínimo, atendendo somente às cotas obrigatórias. Trabalhar desta forma, “espanta” o público, os novos talentos e deixa os profissionais experientes, com mais idade, sem recursos para criação de estratégias, metas e objetivos alinhados com a realidade das novas gerações, do novo mundo. 

Será indispensável para as empresas que buscam ser competitivas e/ou sobreviver no mercado, contar com todos os frutos que a diversidade e as “novas mentes” podem oferecer.

Como fazer da diversidade no ambiente de trabalho uma bandeira e transformá-la em vantagem competitiva?

É preciso se direcionar e viver o propósito de incluir a diversidade no ambiente de trabalho para realmente atrair e reter talentos, conseguir melhores resultados, construir uma imagem de respeito e proatividade quanto às diferenças e, acima de tudo, quanto ao bem comum. Além disso, existe um universo de soluções a serem descobertas com a multiplicidade dos diferentes pontos de vista. 

Desta forma, é possível não somente convencer que algo está sendo feito, mas é também uma maneira de mostrar à sociedade os resultados de suas ações para o bem das pessoas e empresas.

Para mergulhar de cabeça no assunto diversidade no ambiente de trabalho, gestão humanizada e como implementá-la de uma maneira que realmente colabore para toda a sociedade, convidamos neste episódio do ProTalks o #1 LinkedIn Top Voices,  Marc Tawil, Diretor Criativo da Tawil Comunicação. 

Se preferir, você pode ouvir a entrevista completa no ProTalks versão podcast, no Spotify.  

Taynar Costa
Taynar Costa
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *