Como entregar mais sem perder a qualidade?

Um dos maiores desafios das empresas hoje, além de entregar suas soluções a preço justo e que atendam as necessidades de seus consumidores, é alcançar o maior número de pessoas sem perder a qualidade e consequentemente faturar mais.  

No mundo ideal, ofertar um produto ou serviço de qualidade, alinhado a um processo comercial bem estruturado, com um atendimento ao consumidor realmente eficiente é o sonho de qualquer gestor ou diretor. Porém na prática, sabemos que muitas vezes as coisas não são bem assim.

Neste tipo de cenário, é cada vez mais importante que as corporações entendam a importância da inovação em todos os níveis de sua atuação. E pensando em mostrar que é possível encontrar caminhos para a inovação em ambientes já bem estruturados e definidos, que preparamos este artigo. Confira!

Mindset é o primeiro e mais importante passo para mudar

Está mais do que provado que nenhuma indústria está imune às transformações e mudanças mercadológicas. Este é um processo natural, constante e importante para evoluirmos. A curva de mudança é exponencial e não sabemos necessariamente o que vem pela frente, uma vez que tudo muda o tempo todo.

Acontece que neste processo, não há empresa, profissional ou setor que não seja afetado diretamente por essas mudanças. Sendo assim, é importante entender que neste jogo existem dois tipos de indivíduos: Os protagonistas e os seguidores

O protagonista é o agente transformador, é ele quem puxa as mudanças, testa, erra, mas está se movimentando o tempo todo, encontrando caminhos e gatilhos para acompanhar as mudanças mercadológicas e adaptar sua atuação empresarial à elas.

O seguidor por sua vez, é reativo às transformações, está sempre um passo atrás e só se movimenta quando vê ameaças ou perdas em sua atuação.  

Decidir de qual lado ficar neste cenário, parte de uma premissa básica: a mudança de mindset.

E na prática, como o mindset pode ser útil às corporações?

Em algum momento você já deve ter visto os exemplos conhecidos de situações como Uber vs. Táxis, Netflix vs. TV por assinatura ou o WhatsApp vs. Operadoras telefônicas. Estas empresas por sua vez, traduzem a grosso modo a importância da mudança de mindset ao olhar serviços já existentes, suas ineficiências e oportunidades de novos negócios.

Colocando isso no campo empresarial e na realidade de corporações que já funcionam com processos e produtos bem definidos, o mindset vem justamente com o objetivo de repensar a forma de entregar as soluções a fim de melhorá-las, identificando novas oportunidades de negócio, criação de novos produtos e consequentemente mais receita.

O consumidor é o protagonista desta história

Neste cenário, além de identificar novas formas de atuar, é preciso ter uma coisa muito clara em mente. O consumidor não é mais o mesmo e todos nós sabemos disso.

A rapidez e o acesso à informação têm sido os balizadores na mudança de comportamento deste novo consumidor. Por isso, é importante que as organizações tenham consciência da importância da atuação além do processo de compra, a forma com que se posicionam em relação ao impacto de suas ações na sociedade e como seus serviços podem ser facilitadores na vida de seus consumidores.

Um importante passo para a mudança, é entender que é preciso mudar.

Nenhum processo de mudança ou transformação acontece do dia para a noite, mas entender que é preciso começar já é o primeiro passo.

E foi pensando em ajudar você a encontrar os caminhos para as inovações necessárias para manter a perenidade e prosperidade de seus negócios, que nós criamos a Websérie Protalks, onde conversamos com os principais agentes transformadores do mercado brasileiro, entendendo como as grandes empresas tem se comportado e atuado diante dos novos desafios.

Confira o papo que batemos com Marcell Almeida, Entrepreneur in Residence at Catho/Seek e fundador da PM3, onde falamos sobre inovação, cultura, valores e como todos estes elementos caminham de mãos dadas quando pensamos na importância de repensar a forma de trabalhar nas corporações!

Equipe DIWE
Equipe DIWE
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *