Como grandes empresas podem aprender com as startups?

Uma empresa precisa se adaptar às mudanças e processos tecnológicos para continuar crescendo. E como conciliar o trabalho humano com as ferramentas digitais disponíveis? Essa é apenas uma dúvida que costuma aparecer na mente de muitos gestores de grandes companhias.

Ao monitorar a estratégia digital e o mindset adotado pelas pequenas empresas, é possível aprender com as startups para reformular algumas práticas e continuar vendendo como uma grande organização. Quer saber como gerar insights de crescimento ao se inspirar com os pequenos? Acompanhe!

Como grandes companhias podem aprender com as startups?

Muitas vezes, é necessário despir-se de algum preconceito ou ideia padrão para conseguir olhar para o outro com atenção e foco no aprendizado. Mudar as práticas organizacionais de grandes empresas exige paciência e perseverança, pois muitos processos estão enraizados..

Para ajudá-lo nesse processo, separamos algumas dicas para você conseguir ter uma visão ampla sobre o mercado e se inspirar com os pequenos:

Capacidade de simplificar procedimentos

Geralmente, as startups têm um número reduzido de profissionais, pois estão iniciando os trabalhos de desenvolvimento de produtos e obtenção de recursos. Sendo assim, a equipe precisa encontrar diferentes maneiras de tornar as coisas mais simples para não se prender por muito tempo em determinadas etapas de um projeto.

Elas reinventaram a maneira com que os funcionários trabalham e interagem. Não existe uma pessoa designada para uma atividade específica, pois todos são responsáveis por tudo.

Além disso, a estrutura não contempla muitos departamentos e hierarquias, pois a ideia é manter os processos simples. Como isso auxilia o negócio? As startups conseguem desenvolver projetos com agilidade e eficiência, uma vez que todos estão engajados em resolver as situações.

Além do mais, os colaboradores mantêm um contato mais direto com os clientes e assim, são capazes de desenvolver produtos que trazem reais benefícios para eles.

Alta produtividade

Outra característica que você pode aprender com as startups é o alto desempenho nas atividades de todos os profissionais. Como isso acontece? As pequenas empresas não criam inúmeros processos para resolver um problema. Como, por exemplo, a quantidade de aprovações necessárias para adquirir uma peça para um equipamento ou parcelar uma venda para o cliente.

Como funciona na prática? Se algum problema surge, a equipe já faz uma discussão sobre o tema para resolver a situação de maneira rápida. Afinal, ela tem poucos recursos financeiros e precisa dar andamento às atividades para ter um rendimento ao final do mês.

Talvez você esteja pensando: como retirar processos e ainda manter a segurança dentro da empresa? Nenhuma mudança acontece da noite para o dia. Então, é necessário avaliar o contexto e conversar com outros gestores para saber o que pode ser modificado.

Provavelmente, não será possível retirar todas as etapas de aprovação, mas quem sabe reduzi-las? Ao dar um pouco de liberdade para os colaboradores, por exemplo, eles conseguem resolver problemas simples do dia a dia sem pedir autorização. Depois, é só informar a gerência  qual era o problema e como foi solucionado.

Seleção da equipe e remuneração

Muitas startups consideram mais importante a cultura e os valores de um profissional do que as suas habilidades. Isso não significa que a pessoa não precise ter algum conhecimento na área, mas a compreensão é que muitas habilidades podem ser ensinadas. Já o caráter e a visão de mundo não.

Sendo assim, a empresa deve avaliar o perfil do candidato e os seus valores antes de contratá-lo. É muito importante contar com um profissional engajado com a empresa e disposto a dar o melhor de si, pois isso influencia em sua produtividade e na qualidade do ambiente interno.

Para tanto, o colaborador precisa acreditar no propósito da companhia e ter uma remuneração  de acordo com a disponibilizada no mercado. Muitas vezes, oferecer um percentual de participação nos lucros já é uma maneira de manter a equipe ainda mais focada em resultados.

Uso de tecnologias

Você já percebeu que as startups estão sempre inovando, seja na estratégia digital da marca ou no desenvolvimento de produtos? Isso ocorre porque elas dão valor para o uso de tecnologias de ponta, porque entendem que elas contribuem para aumentar a produtividade da equipe e dar escalabilidade ao negócio.

Sendo assim, é importante ter um mindset voltado à atualização de ferramentas e acompanhamento das tendências de mercado. Sair da zona de conforto é essencial para conseguir ampliar as vendas e se destacar perante a concorrência. 

Viu como é possível aprender com as startups e ainda vender como uma grande empresa? Avalie o contexto do seu negócio e as tecnologias a serem implantadas na organização. Depois, é promover as mudanças aos poucos para obter o engajamento e maior produtividade da equipe. 

Quer ter mais insights para ampliar o rendimento da companhia? Entenda como funciona o mindset ágil e como ele interfere no negócio!

Equipe Diwe

Equipe Diwe

Deixe um comentário

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Converse
com o
Deep team

O que você tem pra nos dizer? Nos unimos pelas pessoas que somos e pelo mindset que temos. E queremos compartilhar isso com você.