Como criar um planejamento estratégico de marketing do zero

Na ânsia por trazer resultados rápidos, muitos profissionais de marketing podem cair no erro de pular a etapa de planejamento estratégico de marketing por julgar ser uma fase muito teórica e que serve mais como suporte para as ações seguintes do que algo fundamental para o sucesso. Porém, é aí que mora o perigo.

O planejamento de marketing é muito mais do que um documento de apoio. Na verdade, ele é o mapa da mina, que guiará cada ação de forma estratégica para atingir verdadeiramente os objetivos definidos pela empresa.

Quer entender melhor sobre o assunto? Então continue a leitura e, depois de aprender como criar um planejamento, você ainda pode baixar um template gratuito para começar a construir o seu hoje mesmo.

Boa leitura!

Planejamento estratégico de marketing: por que é tão importante?

O planejamento estratégico de marketing é, como o próprio nome já diz, um plano sobre as ações de marketing que serão executadas. É neste documento que a empresa deve destacar quais são seus objetivos e estabelecer os passos para atingi-los. Como cada negócio é único, o plano de ação também deve ser.

Portanto, antes de começar a elaborar sua estratégia, é necessário uma boa pesquisa sobre o seu negócio, seu mercado, concorrência e cliente. Vamos ver a seguir o passo a passo.

3 passos para criar seu planejamento estratégico de marketing

1- Planejamento

Tudo começa com uma profunda pesquisa sobre a sua empresa, o mercado em que ela está inserida e seus consumidores. Essas informações são a base do seu plano de marketing, pois o planejamento e execução das ações precisam ser coerentes com o posicionamento da sua empresa no mercado, seu nicho e, também, as tendências que podem afetá-lo.

Nesta etapa, é importante levantar informações claras sobre:

1.1 – Diferenciais da sua empresa 

Ao conhecer seu negócio profundamente, fica fácil perceber qual valor você entrega aos clientes. Isso porque sua empresa  não vende produtos ou serviços, mas, sim, a solução de um problema do cliente. Portanto, tenha claro qual valor e diferencial o negócio oferece.

1.2 – Objetivos 

Quais objetivos você deseja alcançar com essas ações de marketing? Nessa primeira etapa, é importante definir metas viáveis e, para isso, você pode usar a técnica SMART. A sigla, em inglês, significa que seus objetivos devem ser Específicos, Mensuráveis, Atingíveis, Relevantes e Possuir prazos definidos.

1.3 – Persona 

Nesse primeiro momento também é fundamental saber qual é o perfil do seu cliente ideal. Afinal, é necessário entender quem são e o que precisam para, então, oferecer algo de valor para eles. Aqui entra a definição de personas, que representam esse perfil do cliente ideal.

Os perfis são semi ficcionais, criados a partir de informações estratégicas sobre seu produto e consumidores. A ideia é entender suas particularidades, dificuldades, necessidades e principais formas de consumir informações para alcançá-los e gerar valor para eles.

Inclua na definição de persona informações como:

  • Nome;

  • Idade;

  • Profissão;

  • Hábitos de consumo;

  • Hábitos pessoais e profissionais;

  • Como consome informações (o que procura saber e onde faz as pesquisas) etc.

1.4 – Concorrência 

Você sabe quem são seus concorrentes, diretos e indiretos? Acompanhar e analisar os movimentos da concorrência é importante para entender como eles se relacionam com os próprios clientes, o que ajuda a melhorar o posicionamento e inovação na sua empresa. Defina as empresas que competem direta ou indiretamente com você e mantenha-se atualizado sobre o que deu certo ou errado em suas ações.

2- Estratégias e ações

Depois de levantar todas essas informações no planejamento, é hora de começar a desenhar as estratégias necessárias para colocar seu planejamento estratégico de marketing em ação.

2.1 – Defina os tipos e formatos de conteúdo

Ao conhecer sua persona, você identificou quais suas dores e necessidades e quais formatos de conteúdos mais consome. Portanto, defina no seu planejamento quais serão os conteúdos produzidos para ajudá-las a resolver essas questões, de acordo com a etapa do funil em que cada cliente esta e a plataforma de divulgação. Dessa forma, você gera mais leads qualificados e agrega valor ao cliente.

2.2 – Defina os canais de distribuição 

O mesmo vale para os canais de distribuição dos conteúdos produzidos. Uma vez identificada sua persona, você já sabe quais canais ela mais frequenta e pode priorizar a distribuição de conteúdo de valor por meio dessas plataformas.

3- Análise

Depois de colocar em prática as ações elaboradas no planejamento estratégico de marketing, é preciso analisar e monitorar os resultados, a fim de ajustar a estratégia.

Para saber quais pontos deram certo e o que não funcionou, é fundamental definir quais métricas monitorar. Neste ponto, volte à sua lista de objetivos e selecione indicadores que demonstrem se a sua estratégia está indo no caminho certo ou não. Defina quais métricas monitorar e com qual frequência.

Lembre-se que no marketing tudo é teste. Portanto, uma boa estratégia está sempre em atualização, pois o mercado e seus consumidores também estão.

Leia também: Como apresentar um planejamento de marketing digital para seus diretores

Planejamento estratégico na prática: cases de sucesso 

A DIWE é pioneira em Profound Marketing no Brasil e baseia seu trabalho em um diagnóstico profundo sobre o negócio, seu mercado e seus clientes. A partir disso, desenvolve um planejamento estratégico de marketing personalizado para cada um de seus cliente para entregar resultados mais assertivos. Confira alguns cases de sucesso que comprovam sua eficiência.

1- Do off ao on: a transformação digital do Grupo Meta

Com quase três décadas de atuação em Joinville e região, o Grupo Meta oferece soluções empresariais em várias áreas de atuação, como RH, contabilidade, tecnologia e seguros. No case a seguir veja o que mudou na empresa depois que ela adotou estratégias digitais em seu modelo de negócios.

O desafio

Um dos desafios era virar a chave no modelo de marketing da empresa, que trabalhava com mídias tradicionais, com alto investimento e pouca possibilidade de mensuração. Havia também a demanda por posicionamento de todas as 7 empresas do Grupo, que era muito conhecido na região pelos serviços de RH mas precisava expandir essa representatividade para as outras marcas do Grupo.

O mergulho

No início do projeto a DIWE desenvolveu estratégias de inbound marketing para um nova empresa do Grupo, a Meta DataCloud, usada para ser o piloto de um projeto de inbound marketing que seria replicado para as outras marcas. Na sequência, essas ações de marketing foram levadas para todas as outras unidades de negócio priorizando as necessidades da empresa por cada área de atuação.

O Grupo Meta não tinha um site otimizado e não fazia nenhum tipo de ação de marketing de conteúdo. Desenvolvemos o website da empresa junto com estratégias de conteúdo para todas as unidades do Grupo, definindo personas, fluxos de jornadas de compra e pontos de contato dos públicos com a marca.

O que transforma essa história em case

Com o inbound marketing o Grupo Meta definiu seu posicionamento digital e organizou os processos de marketing e vendas para que as informações fossem claras e acessíveis para todos da equipe. Com isso, conquistou o fortalecimento da marca e novas oportunidades de negócio chegando pelos canais digitais da empresa.

  • Crescimento de 75% no número de novos clientes

  • Aumento de 280% no número de leads gerados

  • Evolução de 80% nas visitas ao site

  • Mais de 500 artigos publicados

2- Como se tornar um dos maiores players do mercado utilizando Profound Marketing

A Ripio está no mercado de uniformes escolares há mais de 15 anos e é a principal fornecedora de peças para o Sistema Objetivo de Ensino e seus mais de 500.000 alunos espalhados pelo Brasil. Seu principal desafio era superar a sazonalidade na demanda por uniformes escolares, além do comportamento de compra do usuário, que não era habitual realizar compras pela internet.

O planejamento

Planejamento de marketing

Depois de identificar os desafios da empresa, passamos para a fase de planejamento, onde o objetivo da DIWE foi entender o comportamento do mercado e do público, para que assim fosse possível criar estratégias de relevância e fortalecimento da percepção da marca no mercado.

O que transforma essa história em case

Com o início do plano de ação, não demorou para que os resultados se expressassem em vendas e números positivos. Em 12 meses o faturamento aumentou em 100%, diminuiu os custos por parcelamento de compras e o mais importante: mudou o comportamento de compra e consumo do seu cliente, dobrando o market share.

  • 100% de aumento no faturamento

  • 100% de aumento no market share

  • 1000% no aumento do tráfego orgânico no site

  • Única campanha de e-mail gerou R$ 16.971,05 de faturamento extra

  • Redução do Custo de Aquisição de Clientes (CAC)

Pronto! Você já sabe quais são as etapas fundamentais para construir seu planejamento estratégico de marketing do zero e ainda conferiu alguns cases de sucesso que comprovam sua eficiência. Agora, continue acompanhando nosso blog e fique por dentro de tudo do mundo do marketing digital!

Taynar Costa
Taynar Costa
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *